PORTAL DO FLAMENGO
Bem vindo
Entrar / Criar Conta

NOTÍCIAS COMPLETAS! GUERRERO E BEM RECEBIDO PERU! FLAMENGO X EMELEC

Obrigado! Mostre para seus amigos!

URL

Você detestou este video. Obrigado pela sua opinião!

Sorry, only registred users can create playlists.
URL


Adicionado em por Admin in NEWS FLAMENGO
2 Visualizações

Descrição

Após decisão do TAS, advogados de Guerrero emitem nota oficial




Nesta segunda-feira (14), o Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) divulgou o resultado da apelação de Paolo Guerrero na Fifa. Paolo terá a pena estendida por 14 meses e não cabe recurso. Com essa decisão, o peruano está fora da Copa do Mundo e complica a renovação de contrato com o Flamengo. Por meio das redes sociais, os advogados do centroavante concederam um comunicado à impressa acerca da decisão do TAS:


“Hoje o TAS notificou sua decisão no caso do Paolo Guerrero: 14 meses de suspensão, devendo-se creditar os seis meses já cumpridos pelo atleta. Guerrero está sendo penalizado e privado do maior sonho de sua carreira e do seu país por formalidades e regras que punem inocentes e não contribuem para o justo justo e o fairplay. Até o dia de hoje foram três decisões inconsistentes, que demonstram a fragilidade do sistema antidoping, suas contradições e desproporções. Comprovou-se que Guerrero não utilizou drogas sociais, não teve o objetivo de melhorar sua performance e, mesmo estando em um ambiente controlado por sua federação, estes elementos não bastaram para que fosse considerado inocente. Essa injustiça não afeta apenas a trajetória vitoriosa e a reputação profissional de Guerrero, mas também a emoção, a confiança e a paixão que o futebol provoca nos amantes do esporte, entristecendo o público que lota os estádios e as novas gerações de atletas que ainda sonham em continuar fazendo dele um grande espetáculo”.

Após a divulgação da decisão, a Corte Arbitral do Esporte (CAS) divulgou o relatório indicando o motivo do aumento de pena. Em trecho do documento, a entidade admite que a quantidade de benzoilecgonina – metabólito da cocaína – encontrada foi insignificante. Contudo, a suspensão é pelo fato de que Paolo foi considerado negligente.


Paolo pegou 14 meses de suspensão, sendo que seis deles já estão cumpridos – restam oito. O peruano não poderá entrar em campo na quarta-feira (16), às 21h45 (horário de Brasília), no Maracanã. O Flamengo encara o Emelec pela Libertadores e caso vença os equatorianos garante vaga para a próxima fase da competição.

Após punição, Paolo Guerrero posta vídeo desabafando em rede social; assista



Na manhã da última segunda-feira, a Corte Arbitrária de Esportes (CAS) aumentou a pena de Paolo Guerrero para 14 meses fora do futebol. Com isso o jogador além de perder a Copa do Mundo pelo Peru, que não disputa o mundial desde 1982, perderá também o restante da temporada pelo Flamengo.


Na parte da noite do mesmo dia, o jogador se manifestou nas redes sociais falando sobre a determinação da entidade e classificou todo o caso como uma grande injustiça e ratificou que nunca usou nenhum tipo de droga:

- O futebol para mim é um sonho e continua sendo. Tive a sorte de crescer como jogador. Não consumi nenhum tipo de droga ou substância proibida, jamais tive vontade, porque nunca me chamou a atenção e sempre fui profissional. Nunca fiz isso. Aprendi desde novo o que um atleta pode ou não consumir - disse Guerrero, que falou também sobre as pessoas que estão contribuindo para incriminá-lo.

- Às pessoas que contribuíram para esta vergonhosa injustiça digo que estão me roubando a Copa do Mundo e, talvez, minha carreira. Espero que consigam dormir em paz. Estou estudando com meus advogados para decidir os próximos passos - concluiu o jogador da seleção peruana e do Flamengo.

Confira os demais trechos do desabafo de Guerrero:




"Está na hora de me pronunciar. Estar passando por esta injustiça há seis meses e hoje ter uma decisão dessas, onde o TAS ratifica 14 meses de suspensão para mim é duríssimo. São muitos momentos difíceis para mim e minha família.

Quero falar para a imprensa, meus fãs, torcedores do Flamengo e da seleção peruana, que estão sempre me apoiando, e para as pessoas que rezam por mim.

O futebol para mim é um sonho e continua sendo. Tive a sorte de crescer como jogador. Sinto que meu sonho de jogar futebol e disputar uma Copa com 36 anos foi tirado. Não consumi nenhum tipo de droga ou substância proibida, jamais tive vontade, porque nunca me chamou a atenção e sempre fui profissional. Nunca fiz isso. Aprendi desde novo o que um atleta pode ou não consumir.

O meu futebol aparece pelo meu talento e condição física. Apenas isso. Queria mostrar que durante o processo mostramos várias coisas: que nunca consumi droga, isso foi provado; nunca tive a intenção de melhorar minha performance, porque isso tampouco melhora a performance, e foi provado na Fifa, na Wada e no TAS. Eu estava sob regime da seleção, sob protocolos de segurança e nutrição. Tomei o chá que o garçom não deveria ter servido a um jogador profissional.


Às pessoas que contribuíram para esta vergonhosa injustiça digo que estão me roubando o Mundial e, talvez, minha carreira.

Envie um Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar
RSS